ESTREIAS DA SEMANA: EM CARTAZ A PARTIR DE 29 DE JANEIRO DE 2015

OS CAMINHOS DA FLORESTA

intom the wppds

(InThe Woods) EUA 2015. Dir:Rob Marshall. Com James Corden, Emily Blunt, Meryl Streap, Anna Kendrick, Chris Pine, Johnny Depp. Musical.

Um padeiro e sua esposa (Corden & Blunt) são amaldiçoados por uma bruxa (Streap) e não podem ter filhos. Para quebrar a maldição têm de reunir quatro objetos mágicos que os leva a encontrar Chapeuzinho Vermelho, João (da história do pé de feijão), Cinderella e Rapunzel. O filme é adaptação de um espetáculo da Broadway, escrito por James Lapine & Stephen Sondheim, que por sua vez faz uma releitura dos contos de fadas dos irmãos Grimm. A peça, que já foi encenada no Brasil com o nome “Era Uma Vez”, foi lançada em 1987 e foi premiada com 2 Tonys (O Oscar do teatro) e já foi quase filmada em duas ocasiões desde 1994. Nomes como o do saudoso Robin Williams, Goldie Hawn estavam envolvidos no projeto. Depois, Susan Sarandon, Billy Cristal & Meg Ryan também se envolverem mas o projeto não vingou até que o diretor Rob Marshall (premiado com seu filme “Chicago”) retomou a adaptação que agora chega às telas com 3 indicações ao Oscar: melhor direção de arte, melhor figurino e melhor atriz coadjuvante para a maravilhosa recordista Meryl Streap. Lamentavelmente, a talentosa Amy Addams (de “Encantada”) fez uma participação em uma montagem da peça de 2012, mas ficou de fora do filme. Os contos de fadas estão em alta em Hollywood, seja na TV (a série “Once Upon a Time” por exemplo) ou no cinema com o sucesso de “Malévola” e outros projetos sendo anunciados como “Cinderela” (da própria Disney) que é prometido para breve. O papel da bruxa, que coube a Meryl Streap, chegou a ter cogitado os nomes de Catherine Zeta Jones, Kate Winslet, Michelle Pfeiffer, Ncole Kidman e até Idina Menzel (a princesa Elza de “Frozen – Uma Aventura Congelante”). O filme talvez espante os que não gostam muito de musicais, mas a proposta é bela, o visual atraente e o elenco dispensa comentários. Vale a pena conferir e as canções são bonitas.

A TEORIA DE TUDO

A-Teoria-de-Tudo-fotos-3

(The Theory of Everything) EUA 2015. Dir: James Marsh. Com Eddie Redmayne, Felicity Jones, Emily Watson, David Thewlis. Drama.

Cinebiografia do astrofísico Stephen Hawking baseado no livro “Travelling with infinity: My life with Stephen” escrito por Jane Hawking, a primeira esposa do cientista. O filme começa no ano de 1963 em Cambridge onde  Stephen desenvolveu seus estudos que levaram a impressionantes teorias. Contudo, não espere que o filme discuse as complexidades de seu fascinante trabalho acerca das noções de tempo e espaço. O filme foca mais o relacionamento de Stephen e Jane dentro dos moldes que a Academia adora. Claro que abranger a vida de uma pessoa em pouco mais de duas horas é um desafio da dramaturgia, principalmente alguém cuja vida é tão rica quanto a do biografado. Apesar de também não se aprofundar em períodos posteriores à descoberta da doença (Hawkings sofre de ELA, Esclerose Lateral Amiotrófica – uma rara doença degenerativa), o filme do ex documentarista James Marsh é bonito mesmo com a mensagem clichê de superação que norteia os filmes indicados ao Oscar. A atuação de Eddie Redmayne é admirável e faz valer a indicação ao Oscar 2015 além de se sair vencedor do Golden Globe e do SAG awards. Só a título de curiosidade, em 2004 há um filme feito para a TV americana entitulado “Hawking” em que o renomado astrofísico é interpretado por Benedict Cumberbatch.

BIRDMAN (OU A INESPERADA VIRTUDE DA IGNORÂNCIA) 

birdman

(Birdman) EUA 2015: Alejandro Gonzales Iñarritu. Com Michael Keaton, Emma Stone, Edward Norton, Zach Galifanakis, Naomi Watts. Comédia,

No passado Riggan (Keaton) viveu o super-herói Birdman (Homem-Pássaro) em uma franquia de sucesso. Para se provar melhor ator abandonou o papel que o assombra enquanto tenta montar um espetáculo teatral que lhe garanta maior respeitabilidade na carreira. Uma história como essa cai como uma luva em uma Hollywood dominada pelas franquias de super herói e traz como protagonista Michael Keaton que já foi o Batman no cinema. As frequentes transições entre fantasia e realidade (o personagem parece a consciência malvada de Riggan) e entre o mundo do teatro e do cinema traçam uma narrativa metalinguistica desenvolvida com a criatividade de seu diretor que faz tudo parecer um único plano sem cortes, o que acentua a sensação de vertigem do espectador.  Caso não ganhe o Oscar, ao menos o filme garante o renascimento profissional de Michael Keaton que prova seu talento com a mesma determinação de seu personagem. O filme também tem se saído bem no circuito de premiação tendo sido indicado ao Leão de Ouro no Festival de Veneza, além de ter faturado o Golden Globe 2015 (várias indicações além da vitória de Michael Keaton) e o SAG Awards (prêmio de melhor elenco). É um filme diferente, de humor hora ácido para a industria do entretenimento, mas que consegue dosar bem os momentos de humor e drama, nos fazendo refletir sobre seu subtítulo aplicado ao mundo do showbizz ao qual criador e criatura pertencem, ou melhor Riggan e Birdman.

CASSI. 

Cassia

(Cassia) EUA 2015. Dir: Paulo Henrique Fontenelle.Documentário.

Imagens de arquivo, entrevistas e depoimentos de várias personalidades do mundo da música compoem essa biografia e documentário da trajetória de Cássia Eller, surgida nos final dos anos 80 e que morreu de infarto aos 39 anos em 2001 deixando filho, amigos e fãs.

A MULHER DE PRETO 2

the-woman-in-black-2

(The Woman in Black 2 – O Anjo da Morte) RU 2015. Dir: Tom Harper. Com Jeremy Irvine, Oaklee Pendergast, Helen McCrory. Terror.

Sequência do bem sucedido filme da produtora inglesa Hammer Films, clássica na produção do gênero (Dracula, Frankentsein,A Mumia de Ananka etc…). Adaptação do livro The Woman In Black: Angels Of Death, de Martyn Waites, a história é encenada durante a segunda guerra quando uma professora e um grupo de estudantes busca refugio dos bombardeios na casa mal-assombrada pela mulher de preto. O filme perde Daniel Radcliffe, mas curiosamente tem a presença de outra atriz também da franquia Harry Potter, já que Helen McCrory foi a Narcissa Malfoy nos dois últimos filmes do bruxinho.

A ENTREVISTA

entrevista

(The Interview) EUA 2015. Dir: Evan Goldberg & Seth Rogen. Com Seth Rogen, James Franco, Lizzy Caplan, Randall Park. Comédia.

Apresentador de programa de tv e seu produtor (Rogen & Franco trabalhando juntos pela quinta vez) são  recrutados pela CIA para usar seu talk show televisivo para assassinar o líder coreano Kim Jong Un. O filme ganhou fama por ter irritado os coreanos ao ponto de uma ameaça de retaliação contra a Sony caso esta lançasse o filme. Em meio a polêmica, o filme foi reeditado para lançamento e proibido na Àsia.

GRANDES OLHOS

grandes olhos

(Big Eyes) EUA 2015. Dir: Tim Burton. Com Amy Addams, Christoph Waltz, Terence Stamp.  Drama

Filme biográfico sobre casal de pintores que ganhou fama e prestígio por quadros de crianças e mulheres de olhos grandes sendo que o marido da bela Margareth (Addams) se apropria de seu talento ficando com o prestígio que pertence a ela, a verdadeira autora dos quadros. Amy Addams ganhou o Golden Globe pelo papel mas lamentavelmente foi esnobada pela Academia que não a indicou ao Oscar.

por Adilson Cinema