30 ANOS DE “DE VOLTA PARA O FUTURO”

back-to-the-future-poster

Histórias sobre viagens no tempo sempre foram populares no cinema e na literatura desde que H.G.Wells escreveu o primeiro romance de ficção científica sobre o tema, o clássico “A Máquina do Tempo”, publicado em 1895. Há 30 anos o diretor Robert Zemeckis e o produtor Steven Spielberg fizeram do assunto uma divertida brincadeira quer marcou gerações. “DE VOLTA PARA O FUTURO” (Back to the Future).

de-volta-para-o-futuro-1

Lembro que passava pelo cinema mais próximo de minha casa, quando eu tinha 15 anos, quando me chamou a atenção o poster promocional do filme. Eu me sentia o próprio Marty McFly (Michael J.Fox): sempre atrasado para as aulas ou para o jantar em casa. Imagina o barato que foi me imaginar entrando em um Delorean turbinado com plutônio para viajar pelo tempo. A premissa do filme ainda envolvia voltar ao passado para mudar o que estava errado no futuro, já que seu pai George McFly (Crispin Glover) é um homem retraído e capacho do valentão Biff Tannen ( Thomas F.Wilson). O melhor amigo de Marty e inventor do capacitor de fluxo, o artefato que permite a viagem no tempo é um dos personagens mais divertidos do filme, o Dr. Emmet Brown (Christopher Lloyd). No ano de 1955, o bom doutor e seu jovem amigo precisam ajeitar a linha temporal bagunçada porque a futura mãe de Marty, Lorraine (Lea Thompson) se apaixonou por Marty. Para enviar Marty de volta ao ano de 1985, é necessário canalizar a energia da queda de um raio para alimentar o Delorean. A sequência em que Marty enfrenta o vilão Biff em uma movimentada perseguição de carro e skate entrou para a história do cinema como uma das melhores dos anos 80.

ERiC SOLTZ CONTRACENANDO COM CHRISTOPHER LLOYD

ERiC SOLTZ CONTRACENANDO COM CHRISTOPHER LLOYD

Na época de produção do filme, os atores C.Thomas Howell (Admiradora Secreta) e Eric Soltz (Marcas do Destino) foram pensados para o papel de Marty McFLy, mas Zemeckis queriam mesmo era o próprio Michael J.Fox que na ocasião fazia a sitcom “Caras & Caretas” (Family Ties). As filmagens iniciaram então no final de 1984 com Soltz como protagonista, contudo o resultado não agradou a Zemeckis e Bob Gale (autores do roteiro), que procuraram a produção de “Caras & Caretas” (que só seria exibida aqui pela Rede Globo em 1987) com quem entraram em um acordo: Fox gravaria a sitcom pela manhã e à noite gravaria “De Volta Para o Futuro”. Lea Thompson foi escolhida pelo papel de Lorraine porque já havia contracenado com Eric Soltz antes, mas ficou no elenco mesmo após a saída deste. O papel de Dr.Brown chegou a ser pensado para John Lightgow e James Woods. Christopher Lloyd a principio recusou o papel mas acabou aceitando – o e formando com Fox uma dupla e tanto. Muitos anos mais tarde, quando Fox estrelava a sitcom “SPIN CITY” ambos se reencontram novamente e travaram um divertido diálogo com referência a seus personagens em “De Volta Para o Futuro”.

O filme também teve uma excelente trilha sonora com destaque para a canção “The Power of Love” cantada pela banda Huey Lewis & The News” e que estourou nas rádios internacionais. O próprio Huey Lewis faz uma aparição no filme como o juiz do concurso de bandas que desqualifica Marty. O filme chegou a agradar ao então Presidente Reagan que o citou em um de seus discursos. O filme impulsionou a carreira de Michael J.Fox e ainda gerou mais duas sequências exibidas em 1989 e 1990. Curiosamente, no segundo filme, o futuro retratado foi o ano de … 2015, que já na vida real teve anunciado há pouco tempo a criação do tênis que se amarra sozinho e do skate flutuante. Previsões a parte, o filme também recebeu altos elogios do renomado crítico de cinema Roger Ebert que comparou sua história aos clássicos de Frank Capra, em especial “A Felicidade não se compra”. Hoje, depois de todo esse tempo é impossível ignorar o valor do filme na cultura pop e na memória afetiva de muitos que assim como eu, adorariam poder viajar no tempo, consertar o que foi errado e ainda cantar a clássica Johnny B.Goode de Chuck Berry (que na verdade não foi cantada por Fox, que foi dublado), mesmo que depois de toda aventura só restasse um caminho a seguir, o caminho do futuro.

Um comentário em “30 ANOS DE “DE VOLTA PARA O FUTURO”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s