BEN AFFLECK: UM ATOR & TRÊS HERÓIS

Em 2003, ainda bem no início do boom dos filmes de super heróis, a Fox realizou o filme do “Demolidor” (Daredevil) , vulgo “O Homem Sem Medo”, com direção de Mark Steven Johnson, e estrelado por Ben Affleck. Isso é bem sabido por todos, como também fonte de grande desagrado para os fãs de HQs. A verdade é que o filme passou longe da essência do personagem criado por Stan Lee & Bill Everett  , e que foi enriquecido pela abordagem de Frank Miller nos anos 80. O filme da Fox foi mal escalado, com um vilão caricato demais (o Bullseye de Collin Farrell) e sem conseguir traduzir o universo urbano e sombrio do personagem. Por isso, quando Affleck foi anunciado como o novo intérprete do Batman, a reação dos fãs não foi das melhores, já que a imagem negativa do ator como o Demolidor ainda era forte demais.

ben-affleck-como-demolidor4.jpg

O que poucos sabem ou lembram é que Affleck também foi o Superman uma vez !!! Isso mesmo. Em 2006, Ben Affleck vestiu o icônico uniforme do herói Kryptoniano para viver a vida de George Reeves, ator que personificou o Superman nos anos 50 em uma série de TV. O filme, adaptado do livro homônimo de Paul Bernbaum  , narra a trajetória de Reeves, que depois de quase uma década vivendo o super herói na Tv, teve sua carreira prejudicada já que na época o mundo do showbizz era muito diferente. Não havia prestígio nenhum em interpretar um super herói, na verdade isso era visto como “coisa de criança”, e não era levado a sério. Após o fim da série, ninguém oferecia trabalhos a George Reeves, e nem ao menos lhe abria qualquer possibilidade, ainda que George tivesse sido coadjuvante em vários filmes desde o final da década de 30. Em 1951, sua participação em “A Um Passo da Eternidade” (From Here to Eternity) chegou a ser cortada depois da má reação inicial das plateias que riram quando o viram no filme. Em 16 de Junho de 1959, aos 45 anos, George foi encontrado morto em um quarto com um buraco de bala na cabeça, sugerindo suicídio. Discrepâncias no local da morte e o fato de que George tinha como amante a esposa de um gangster levantaram a possibilidade, nunca provada de fato, de que o suicídio teria sido um homicídio. O filme, dirigido por , foca no trabalho investigativo do detetive Louis  (Adrien Brody) para elucidar o caso. Curiosamente, o papel de Toni Mannix, a tal amante, foi de Diane Lane, a Martha Kent de “Batman Vs Superman –  A Origem da Justiça”.

Ben Affleck-Superman.jpg

Ainda que vista o uniforme do Superman para interpretar seu interprete do passado, Ben Affleck tem uma surpreendente boa atuação como George Reeves, bem diferente do homem sem medo do filme da Fox, tendo sido inclusive indicado para o Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante.  Boa pedida assistir “Hollywoodland” e, conhecer um pouco sobre esse outro lado de Hollywood ouvindo a canção “Superman’s Ghost” de Don McLean, que canta a vida de Reeves, super herói em uma época que o gênero não era visto da mesma forma que hoje onde um contrato com a Marvel ou com a DC significa prestígio e dinheiro muito além do que nossos olhos podem alcançar.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s