ESTREIAS DA SEMANA : EM CARTAZ A PARTIR DE 18 DE JUNHO DE 2015

DRAGONBALL Z – O RENASCIMENTO DE FREEZA.

dragonballzrenascimento_1-650x400

(Dragonball Z – The Revival of Freeza) JAP. 2015. Dir: Tadayoshi Yamamuru. Vozes : Koichi Yamadura, Masako Nosawa, Ryo Horikawa. Animação.

Na verdade esse é o 15º filme derivado da famosa animação nipônica criada por Akira Toriyama. Goku e seus amigos se reunem quando o vilão Freeza é trazido de volta à vida. O roteiro, assim como do filme anterior de 2013, é original e sem ligação com o mangá que originou a animação. Este é o primeiro filme de animação japonesa realizado com a tecnologia IMAX 3D. O público alvo, é claro, são os fans do manga e das animações japonesas e não terão do que reclamar quanto à qualidade gráfica do filme.

JESSABELLE – O PASSADO NUNCA MORRE

JESSABELLE

(Jessabelle) Eua 2014. Dir: Kevin Greuter.  Com Sarah Snook, Brian Hallisay, Amber Stevens, Ana de la Reguera. Terror.

A jovem Jessie fica paraplégica depois de um acidente e volta a morar na casa que era de seus pais. Jessie passa a ser atormentada por um espírito maligno, preso na casa, disposto a destruí-la e cujo ódio está enraizado em segredos de seu passado.  O filme é dirigido e produzido pelo responsável pelos filmes “Jogos Mortais 6” e “Jogos Mortais – o Final”. O filme trata de assuntos clichês do gênero como casa mal-assombrada e possessão e só deve agradar aos fãs do gênero.

DIVERTIDA MENTE

Divertida-Mente-poster

(Inside Out) EUA 2015. Dir: Pete Docter. Vozes : Amy Pohler, Diane Lane, Bill Hadre, Kyle MacLachlan, Paris Van Dyke. Dublagem Brasileira : Miá Mello, Dani Calebresa, Leo Jaime, Katiuscia Canoro, Sidney Magal, Octaviano Costa Animação.

A menina Ripley passa por um momento difícil quando seu pai arruma um emprego em São Francisco. Em conflito com suas emoções, a animação mostra o que se passa no interior de sua mente guiada pela personificação de seus sentimentos : alegria, tristeza, raiva, nojinho e medo. O diretor e o produtor já trabalharam juntos antes em “Up – Altas Aventuras” e agora apresentam uma história bem curiosa, que mexe com os preceitos da psicologia – ainda que claro superficialmente – para mostrar as dificuldades de se ajustar às mudanças e aos conflitos internos que muitas das vezes dificultam para as crianças. Bom programa para crianças e adultos, todos se identificarão com as situações retratadas e com a qualidade da

ENQUANTO SOMOS JOVENS

ENQUANTO SOMOS JOVENS

(While We’re Young) EUA 2015. Dir: Noah Baumbach. Com Ben Stiller, Naomi Watts, Amanda Seyfried, Adam Driver, Charles Grodin. Comédia Dramática.

Ben Stiller sempre demonstrou talento para ir além do papel de “humor involuntário” capaz de provocar com sua cara de “homem comum”, o que digo com o tom elogioso. Naomi Watts também não fica atrás e já provou ser uma atriz de recursos diversificados. Aqui, ambos interpretam um casal maduro entendiado com a vida a dois e que conhece um casal mais jovem (Driver & Seyfried) que provocará mudanças em seus conceitos. O filme inaugurou o Festival de Toronto de 2014 e traz um clima de humor mesclado ao drama que deve atrair mais a um público mais adulto.  O veterano Charles Grodin (Rapaz Solitário, Fuga a Meia Noite, Parece que foi ontem, A Dama de Vermelho) aparece em um papel menor, mas será reconhecido pelo público de 40 anos.