GRANDE ESTREIA: ARRANHA-CÉU – CORAGEM SEM LIMITES

arranha ceu 2

(SKYSCRAPER) EUA 2018. DIR: RAWSON MARSHALL-THURBER. COM DWAYNE JOHNSON, NEVE CAMPBELL, PABLO SCHREIBER, NOAH TAYLOR. AÇÃO.

Com o cinema Hollywoodiano dominado pelos filmes de super heróis é digno de nota ver The Rock herdar o posto de astros como Stallone, Schwarzenegger e Willis cujos sobrenome carregavam o filme que estrelavam e atraíam multidões às salas de exibição.  O Will Sawyer do Sr.Johnson é o John MacLane dessa geração, por isso guardado as devidas proporções, seu pai herói e capaz de proezas que nem mesmo o duro de matar Willis conseguia. Desafiando as leis da física, Dwayne Johnson faz o impossível que nem Tom Cruise consegue. Isso não é demérito para o filme que consegue cumprir seu papel de escapismo graças ao carisma em cena de Dwayne Johnson. Ele consegue convencer como o especialista em segurança acusado de provocar incêndio em um prédio de mais de 200 andares, como o pai e marido desesperado para salvar sua família, ou como um super heroi sem identidade secreta, capaz de realizar saltos impossíveis, desafiar a lei da gravidade, tudo pela diversão. As comparações com “Duro de Matar” ou “Inferno na Torre” (do mestre do desastre Irwin Allen) são apenas aparentes pois “Arranha Céu – Coragem sem Limites” está voltado para um público diferente.

arranha ceu

               Não se trata de dizer que isso faz o filme bom ou ruim, apenas que não se deve buscar verossimilhança. O incêndio, as explosões e as perseguições estão embebidas no mais puro clichê do gênero, apenas potencializadas pelos méritos técnicos de nos envolver na luta do herói com a certeza que Dwayne Johnson vencerá no final. É como andar em uma montanha russa sabendo que chegaremos seguros ao final. Divertido ? Certamente, pois essa é a habilidade de seu astro, nos fazer embarcar em uma movimentada fantasia seja nas selvas de Jumanji ou como um super espião como em filmes anteriores. Esse, dirigido pelo mesmo Rawson Marshall-Thurber de “Um Espião & Meio”, não é uma novidade, nem se propõe a ser. Legal rever Neve Campbell retomar sua carreira depois de um longo tempo identificada apenas como a musa de “Pânico”. Sua personagem se junta a The Rock no quesito super mãe, sobrevivendo a todos os perigos e salvando o dia ao final pois coragem não tem limites, nem a diversão.

ESTREIAS DA SEMANA: A PARTIR DE 5 DE JANEIRO DE 2017

A PRIMEIRA SEMANA DO ANO TRAZ NAS TELAS UMA ANIMAÇÃO DISNEY , UMA AVENTURA DE FICÇÃO CIENTÍFICA E UM FILME DE TERROR ENTRE AS ESTREIAS PROGRAMADAS. FÉRIAS NO CINEMA PARA TODOS OS GOSTOS QUE VOCÊ VAI CONFERIR ABAIXO:

MOANA – UM MAR DE AVENTURAS

moana-lanacamento

(Moana) EUA 2016. Dir: John Musker & Ron Clements. Vozes de Auli’i Carvalho, Dwayne Johnson, Jemaine Clement. Animação.

A Jovem Moana Waialiki é descedente de uma linhagem de navegadores e compartilha com estes do mesmo fascínio pelos mares, seu próprio nome em havaiano significa oceano. Em sua jornada épica se junta o semideus Maui (Johnson) que a ajudará a salvar a ilha onde mora. A animação da Disney é a terceira a ter sido lançado nos Estados Unidos no ano passado (Zootopia e Procurando Dory foram as anteriores) e chega às nossas telas como uma das primeiras estreias em circuito comercial em 2017. A jovem havaiana Auli’l Carvalho foi descoberta para dublar a nova heroína da Disney (na versão brasiliera voz de Any Gabrielly de 14 anos). Os diretores (os mesmos de “A Pequena Sereia” , “Aladim” e “A Princesa & O Sapo”) decidiram criar uma princesa que representasse uma novo biótipo e optaram por uma princesa polinésia, vinda dos mares do sul. Dwayne Johnson, ainda reconhecido como “THe Rock” está no auge de sua popularidade e dá vida a um personagem com o qual compartilha uma origem em comum já que Johnson tem descendência polinésia. Mesmo que não seja o melhor do estúdio, Moana é um bom programa de férias.

PASSAGEIROS

passageiros

(Passengers) EUA 2016. Dir: Morten Tyldom. Com Chris Pratt, Jennifer Lawrence, Michael Sheen, Lawrence Fishburne, Andy Garcia. Ficção Científica.

O roteirista de “Prometheus” (2012) escreveu uma versão moderna de Adão e Eva: Uma espaçonave leva um grupo de pessoas para colonizar uma nova Terra, mas como a viagem é longa e demorará 90 anos precisam atravessar o espaço em estado criogênico, ou seja, sono profundo e congelados. Um deles acorda 30 anos antes do tempo previsto, e solitário, decide despertar a bela Aurora para fazer-lhe companhia. Ambos passarão por diversos questioanamentos a fim de decidiram se devem cumprir o destino planejado ou mudá-lo. O filme une Chris Pratt (Guardiões da Galaxia) e Jennifer Lawrence (XMen) – dois grandes astros do cinema contemporâneo como forma de agradar o público e compensar por associação não cumprida de que o filme venha divagar por questões existencialistas. O roteiro filmado, com luxuosa cenografia, se contenta em ser uma aventura espacial com uma história de amor vivida entre dois belos protagonistas, com papeis menores vividos pelos talentosos Fishburne e Garcia.

A DOMINAÇÃO

a-dominacao

(Incarnate) EUA 2017. Dir:Brad Peyton. Com Aaron Eckhart, David Mazouz, Carice Von Houten. Terror.

Exorcista paraplégico ajuda menino de 9 anos possuído por demônio que enfrentara no passado. Para isso se vale de uma habilidade peculiar – de entrar no subconsciente da vítima de possessão. O filme foi feito em 2013, mas só agora foi lançado no Brasil. Voltado para os amantes do terror.

 

ESTREIAS DA SEMANA : 11 DE AGOSTO

UM ESPIÃO & MEIO

um espiao e meio

(Central Intelligence) EUA 2016. Dir: Rawson Marshall Thurber. Com Dwayne Johnson, Kevin Hart. Comédia de Ação.

Jovem que no passado foi vítima de bullying porque era gordinho cresce e se torna um agente secreto fortão e musculoso. O único que o defendia era um jogador que se tornou contador frustado com sua vidinha. Agora, este é o único que pode ajudar o espião a evitar que segredos militares sejam vendidos. O filme segue a linha da parceria de personagens diferentes em uma aventura movimentada com constantes pitadas de humor advindas do contraste entre os dois protagonistas. Dwayne Johnson é o grande nome do gênero ação, mas demonstra naturalidade para tirar sarro dessa imagem de durão. Ao seu lado está Kevin Hart, comediante de grande sucesso nos Estados Unidos que parece preencher o espaço deixado por Eddie Murphy, que há tempos não emplaca um sucesso. A parceria parece que vai gerar frutos porque Johnson e Hart voltarão a contracenar na vidoura refilmagem de “Jumanji”, prevista para o ano que vem. Várias situações são relamente divertidas como a inicial nos tempos do colegial. Atentem para o desfecho também que traz uma ponta não creditada de Melissa MacCarthy. Vale a pena assistir.

PERFEITA É A MÃE

bad moms

(Bad Moms) EUA 2016. Dir: Jon Lucas & Scott Moore. Com Mila Kunis, Kristen Bell, Jada Pinkett Smith. Comédia.

Os roteiristas da trilogia “Se Beber Não Case” (The Hangover) são os diretores dessa comédia que não está disposta a fazer concessões para tratar de um assunto que aflige muitas mulheres: Como ser mãe em meio às atribulações da vida moderna. Entre esses percalços está o convivio com outras mães esnobes que estão mais preocupadas em pisar umas às outras para se sobressairem. Por isso, a dedicada Amy (Kunis) decide se juntar a outras que como ela não aceitam como são tratadas e resolvem se vingar.

 

PERFIL : DWAYNE JOHNSON

djohn

                Dwayne Douglas Johnson nasceu em 2 de Maio de 1972 em Hayward, California, filho do campeão de luta livre Rocky Johnson. Seu avô materno também era um profissional de luta livre. Em sua juventude, contudo, foi o futebol americano que o encantou e Dwayne ganhou uma bolsa de estudo para a Universidade de Miami jogando com grande sucesso. Em 1995, ano em que se formou em criminologia,  sofreu uma lesão nas costas que o impediu de continuar jogando profissionalmente. Foi nesse momento que começou a carreira de lutador profissional, empregando o nome artístico de “The Rock” e sendo treinado por seu pai, vindo a conquistar nove títulos. Seu carisma e presença de cena chamou a atenção na época de realização de “O Retorno da Múmia” (The Mummy Returns) em 2001. Procurava-se um homem de físico impecável para interpretar o Escorpião Rei. O sucesso sorriu para The Rock com uma vida nova renascendo como ator.

djhercules

HERCULES

Mas The Rock tinha talento para ir além da figura de fortão brutamontes. Depois de protagonizar o filme solo “O Escorpião Rei” (The Scorpion King) em 2002 e a adaptação do jogo “Doom – A Porta do Inferno” (Doom) em 2005, o ator não teve pudores em assumir um papel secundário na sátira “Be Cool – O Outro nome do Jogo” (2005). Demonstrou-se comfortável em comédias, com carisma para lidar com crianças como em  “Treinando o Papai” (The Game Plan) – último filme usando seu apelido dos ringues, “A Montanha Enfeitiçada” (Race to Witch Mountain) – de 2009, primeiro dos três filmes com a atriz Carla Cugino – e “O Fada dos Dentes” (Tooth Fairy) em 2010. Em “Agente 86” (Get Smart) de 2010, Dwayne exerciou seu lado vilanesco, mas ainda assim cômico em essência.

djohn hobbs

Dwayne mostrou que poderia transitar tranquilamente entre os papeis de ação e de humor com naturalidade. Não à toa o agente Luke Hobbs de “Velozes & Furiosos”, a partir do quinto filme, roubou a cena e lhe deu a fama de salvador de franquias, função que repetiu como o Roadblock de “G.I.Joe Retaliação” (2013), segundo filme da franquia da Hasbro e, um ano antes, substituindo Brendan Fraser como o herói de “Viagem 2” (The Journey 2” (2012). Também em 2013, o ator mostrou-se convincente em um papel mais dramático em “O Acordo” (Snitch) como um pai desesperado para livrar o filho do tráfico de drogas. Além da própria série de TV (Ballers) e de filmes de sucesso como “Terremoto – A Falha de San Andreas” (San Andreas) em 2015, o ator empresta sua voz à animação “Moana” da Disney, ainda a ser lançado.

djfilha

DWAYNE JOHNSON E SUA FILHA

Tendo casado em 1995 com Danny Garcia, ex- fisioculturista, o ator se divorciou em 2008 e teve uma filha, Simone Alexandra, nascida em 2001. Em 2006 criou uma Fundação com seu nome para ajudar crianças terminais e constantemente faz uso das redes sociais para divulgar seus trabalhos. Além da refilmagem de Jumanji, o ator ainda filma a adaptação de “Baywatch” (seriado conhecido no Brasil como “S.O.S Malibu” ) para 2017 e está confirmado como Adão Negro, o vilão do vindouro filme “SHAZAM” para a Warner / DC Comics. Agora a comédia de ação “Um Espião & Meio” (Central Intelligence) chega como mais um lembrete da versatilidade e do carisma desse ex-lutador de 1,93 m capaz de tirar um sarro da própria imagem de homem de ação, e ainda fazer crianças e adultos tentarem imitar a dança do peitoral. Alguém quer tentar ?

dança peiroral.jpg

A DANÇA DO PEITORAL

FELIZ ANIVERSÁRIO : DWAYNE “THE ROCK” JOHNSON

djohn

Ele já foi Hercules, o escorpião rei, agente federal e até … uma fada !!! Tão atípica escolha de papeis vindo de um ex astro da luta livre com um carisma inegável. Duvida ? Pois Dwayne Douglas Johnson, nascido em 2 de maio de 1972, começou como jogador de futebol americano, como seu personagem Joe Kingman em “Treinando O Papai” ( The Game Plan). Seu pai e avô já eram lutadores profissionais quando Dwayne decidiu seguir seus passos entrando para o mundo do “Wrestling” (Luta Profissional que mistura golpes e agarramento, lembrando o estilo greco-romano).

djfast

Nada mal para quem viria bem mais tarde a encarnar o semi deus “Hercules” (2014), um filme que embora não tenha sido um grande sucesso, tampouco arranhou a popularidade do ator que teve papéis de destaque nos ultimos filmes da franquia “Velozes & Furiosos” (The Fast & The Furious) para a qual entrou no quinto filme como o agente federal Luke Hobs e continua até hoje. Também foi positiva sua entrada para o elenco de duas franquias que estavam fracas : “G.I.Joe : Retaliação” e “Viagem 2: A Ilha Misteriosa”, mas que com sua chegada ganharam novo fôlego.Esse californiano também passou pelo famoso programa  humorístico americano “Saturday Night Live”  antes de ter sido escolhido para o papel do monstruoso escorpião-rei em “O Retorno da Múmia” (The Mummy Returns) em 2001.

djhercules

O sucesso foi tão imediato que no ano seguinte estrelou um filme solo do mesmo personagem. Entrou então para o livro Guiness de record por ter recebido mais de 5 milhões de dólares, uma soma inédita para um ator iniciante.Demonstrou talento para trabalhar ao lado de crianças em filmes como a refilmagem do clássico da Disney “A Montanha Enfeitiçada” (Race to Witch Mountain),” O Fada do dente” (Tooth Fairy) e os já mencionados “Treinando o Papai” e “Viagem 2”. Em meio a imagem de brucutu que o persegue mesmo tendo deixado de lado o apelido “The Rock” dos tempos de lutador, e mesmo tendo diversificado seus papeis entre comédias e filmes de ação, Dwayne Johnson mostrou que há um lado paternal forte em sua aura, e a experimentou em um papel mais dramático em “O Acordo” (The Snitch) como um pai que se infiltra em um gang de traficantes de drogas para limpar o nome do único filho que foi preso.

pai e filha

pai e filha

Na vida real o ator tem uma filha, Simone Alexandra Johnson hoje com 14 anos, de seu casamento com a ex fisioculturista Dany Garcia, com quem ficou casado por 10 anos. Em breve reencontraremos o ator no filme catástofe “Terremoto: A Falha de San Andreas” (Trailler já mostrado no blog) e para 2019 já está garantido seu papel de Adão Nergo, antagonista do super heroi “Shazam” na adaptação anunciada pela Warner. Com um vilão tão carismático, o heroi vai precisar de muito gás para agradar aos fans. Quem sabe role a hilária “Dança do peitoral”? Não sabe do que se trata ? Assista “Viagem 2”. Parabéns !!!