GRANDE ESTREIA: X MEN FÊNIX NEGRA

          Este ano o gênero super herói teve um excelente encerramento com “Vingadores Ultimato”. Esse novo filme dos heróis mutantes, o sétimo da franquia da FOX iniciada em 2000, não trilha o mesmo caminho por muitos motivos: A compra da FOX pela Disney, as refilmagens e adiamentos seguidos, a condensação de uma saga que caberia em uma trilogia dentro de cerca de 1 hora e 53 minutos de projeção e o fato de que é uma segunda adaptação.

darkph

           Em 2006 Bryan Singer trocou o terceiro filme da franquia pela oportunidade de fazer “Superman Returns” para a Warner. Brett Ratner assumiu o comando do terceiro filme da equipe mutante que mistura elementos da saga da Fênix Negra com o arco de história “Surpreedentes XMen” onde cientistas encontram uma possível cura para a mutação genética. Praticamente eram dois arcos que poderiam ser abordados em filmes separados e com seus respectivos atrativos diluídos de tal forma que o resultado acabou sendo desastroso. O curioso é que o roteiro desse capítulo 3, batizado “The Last Stand”, foi escrito pelo mesmo Simon Kinberg que agora assina a história e a direção de “Dark Phoenix”. Parece pouco sensato revisitar a mesma história, insistindo no mesmo erro de aproveitar uma pequena premissa de uma história maior, e uma das melhores vinda dos quadrinhos desses populares heróis criados em 1963 por Stan Lee e Jack Kirby.

xmen-dark-phoenix-group-photo.jpg

        Para quem é leitor de longa data da Marvel sabe que a natureza dos personagens foi mudada em favor de estrategias do mercado cinematográfico. Mística aparece como a líder da equipe já que Jennifer Lawrence é uma estrela de primeira grandeza nas telas, e assim como a trilogia inicial, resta pouco ou quase nada para Ciclope ou Tempestade, até porque suas inserções no filme anterior “X Men Apocalipse” (2016) foram mal planejadas em um filme cheio de equivocos apesar de trazer no elenco James MacAvoy e Michael Fassbender, excelentes em seus papeis antagônicos de Xavier e Magneto.

dark-phoenix-df-06600_r_rgb-ftr

         Sophie Turner (que recentemente também se despediu de sua personagem de “Game of Thrones”) veste bem sua personagem, herdada de Famke Jansen, mas sofre com um roteiro que não aproveita nem 20 por cento da história original, uma saga com todos os elementos atrativos do gênero, que se fosse bem adaptada se iguala a saga de Thanos. Nos quadrinhos o arco começou quando Chris Claremont assume as histórias dos X Men em 1975, a principio com os desenhos de Dave Cockrum, e depois com o artista John Byrne. O que eles fizeram foi explorar todo o potencial de Jean Grey, a primeira heroína mutante, que a principio atendia pelo nome de Garota Marvel. Seus poderes mentais alcançam escala cósmica quando Jean salva os seus companheiros de equipe de uma aventura no espaço quando entra em contato com a força Fênix, uma entidade super poderosa. Transformada na Fênix, Jean salva o universo da destruição total por uma galáxia de neutrons, quando os mutantes são enviados à distante galáxia Shiar. Seu heroísmo acaba levando à premissa de que se o poder corrompe … bom, influenciada pelo Mestre Mental, membro do Clube do Inferno, uma sociedade secreta, Jean vai se tornando cada vez mais descontrolada até finalmente assumir-se como a Fênix Negra. Jean viaja para outra galáxia, mergulha em uma estrela consumindo-a, assim como toda a vida no setor. O que se segue é uma batalha épica aprofundada pelo dilema que questiona se a vida de um é mais importante que a vida de bilhões.

ghm 7.jpg

             Impossível esquecer o impacto do arco de 1980 (Uncanny X Men #129 / #138)  que no Brasil chegou ao seu clímax nas páginas de “Grandes Heróis Marvel #7” , da Editora Abril em fevereiro de 1985. Lembro bem do choque em ver o corpo de Jean sem vida nos braços de seu amado Ciclope. Justamente por ter sido um arco longo os leitores se envolveram de tal forma que era impossível não sentir o pesar de Ciclope ou o desespero de Xavier para tentar salvar sua pupila, devidamente anunciada na época como a maior história de todos os tempos.

         No filme de Simon KInberg a trilha sonora ficou a cargo de Hans Zimmer, que foi responsável pelos temas de Batman, Superman, Homem Aranha e Mulher Maravilha. Zimmer já havia anunciado que não pretendia trabalhar mais com filmes de super herois mas foi convencido por Kinberg a voltar atrás. Curiosamente, o filme acontece no ano de 1992, mesmo ano de lançamento da série animada dos X Men, que fez melhor adaptação da saga da Fênix Negra. Não procurem por Wolverine pois o personagem não é usado já que Hugh Jackman já se aposentou oficialmente do papel depois de Logan (2017). Jessica Chastain faz o papel misterioso, aparentemente tentando influenciar Jean tal qual o Mestre Mental nas hqs originais. O filme será o último da franquia que certamente será rebootada pelo MCU dentro de alguns anos. Por isso, melhor se preparar para a despedida, para a morte de personagens, mas lembrando sempre que de acordo com a lenda, a Fênix renasce das cinzas.

FELIZ 2019 :PREVIEW DO CINEMA

wifiralph_2-750x380

ANIMAÇÕES

O ANO DE 2019 RESERVA FORTES AGRADÁVEIS REENCONTROS. RALPH E VANELOPE ESTÃO À SOLTA NA INTERNET E JÁ SABE DE ANTEMÃO QUE AS PRINCESAS DISNEY ESTARÃO PRONTAS PARA RECEBER A PEQUENA VANELLOPE EM “WI RALPH 2”, QUE ABRE OS PRIMEIROS LANÇAMENTOS DO ANO NOVO DIA 3. O MÊS DE JANEIRO AINDA TEM O AGUARDADO “HOMEM ARANHA NO ARANHAVERSO” E “COMO TREINAR SEU DRAGÃO 3” NO MEIO DO MÊS ENCERRANDO A TRILOGIA DAS AVENTURAS DE SOLUÇO E BANGUELA. MINHA CURIOSIDADE É AINDA MAIOR COM RELAÇÃO A “TOY STORY 4”, PREVISTO PARA JUNHO. DEPOIS DE MUITAS LÁGRIMAS NO TERCEIRO FILME QUE SERVIA DE APARENTE EPILOGO PARA AS AVENTURAS DE WOODY, BUZZ E CIA, FICO IMAGINANDO O QUE VEM POR AÍ, ALÉM DE CLARO MAIS LÁGRIMAS E RISOS. FEVEREIRO TRAZ WILL SMITH e TOM HOLLAND EM “UM ESPIÃO ANIMAL” ALÉM DE “UMA AVENTURA LEGO 2”. SERÁ O ANO DOS BRINQUEDOS JÁ QUE AGOSTO TEREMOS “PLAYMOBIL O FILME”. O ILLUMINATION STUDIOS TRAZ “PETS – A VIDA SECRETA DOS ANIMAIS 2” QUE CHEGA A NOSSAS TELAS NAS FÉRIAS DE JULHO.

AVENTURA & FANTASIA

Will-Smith-as-Genie-blue-in-Aladdin

A DISNEY A CADA ANO TEM UMA VERSÃO DE LIVE ACTION DE SEUS GRANDES SUCESSOS E ANO QUE VEM TEREMOS O AGUARDADO “ALADIM” PREVISTO PARA MAIO, COM WILL SMITH VESTINDO O PAPEL DO GÊNIO QUE ESTÁ MARCADO EM NOSSAS MEMORIAS NA VOZ E TREJEITOS DE ROBIN WILLIAMS. DOIS MESES DEPOIS TEMOS “O REI LEÃO” QUE REPETIRÁ O EXCELENTE JAMES EARL JONES NO PAPEL DE MUFASA. ANTES DESSES, NÃO NOS ESQUEÇAMOS DA VERSÃO DE TIM BURTON PARA “DUMBO” PROGRAMADO PARA MARÇO. A DISNEY AINDA DOMINA O MERCADO COM “JUNGLE CRUISE” QUE REUNE O ASTRO DWAYNE JOHNSON E EMILY BLUNT EM ADAPTAÇÃO DE ATRAÇÃO DO PARQUE TEMÁTICO DA TERRA DE MICKEY MOUSE. FALANDO NO ASTRO THE ROCK, DEZEMBRO DE 2019 É ESPERADO PARA A CHEGADA DE “JUMANJI 3”, AINDA SEM NENHUMA NOVIDADE MAIOR DIVULGADA SOBRE A HISTÓRIA DA SEQUÊNCIA.

vingadores

SUPER HEROIS

CERTAMENTE “VINGADORES:ULTIMATO” , EM ABRIL, É UM DOS FILMES MAIS AGUARDADOS DO ANO QUE VEM, SENÃO O MAIS ESPERADO GUARDANDO SEGREDOS COMO O DESTINO DE PERSONAGENS QUERIDOS PELO GRANDE PÚBLICO E O FUTURO DO UNIVERSO CINEMATICO MARVEL. ANTES PORÉM TEREMOS O IGUALMENTE ESPERADO “CAPITÃ MARVEL” COM BRIE LARSON, PROMETIDO PARA MARÇO. A DC COMICS RECEM SAIDA DO SUCESSO DE “AQUAMAN”, RESERVOU PARA ABRIL TAMBÉM A PRIMEIRA ADAPTAÇÃO DE “SHAZAM!” COM ZACHARY LEVI, QUE DE ACORDO COM OS TRAILLERS DIVULGADOS, TERÁ UM TOM MAIS LEVE QUE OS DEMAIS FILMES DC/MARVEL. TOM HOLLAND VOLTA A LANÇAR TEIAS NO CINEMA EM SEU SEGUNDO FILME COMO PETER PARKER “HOMEM ARANHA: LONGE DO LAR” SACUDINDO O FERIADÃO DE 4 DE JULHO NOS ESTADOS UNIDOS. ANTES POREM, DAVID HARBOUR (DE “STRANGE THINGS”) ESTRELA O REBOOT DE “HELLBOY” VOLTADO PARA MAIORES DE 17 ANOS. NO EMBALO DA FUSÃO DISNEY/FOX, TEMOS EM JUNHO “X MEN FÊNIX NEGRA” E EM AGOSTO “OS NOVOS MUTANTES”, QUE JÁ ESTAVAM EM PRODUÇÃO ANTES DA UNIÃO DOS ESTUDIOS.

It-Chapter-Two-Posters-Fan-Cast-Adult-Losers-750x380

TERROR

STEPHEN KING CONTINUARÁ SENDO O REI DO GÊNERO NAS TELAS DO ANO NOVO. PRIMEIRO COM A ESPERADA CONCLUSÃO DA SAGA DO PALHAÇO PENNYWISE EM “IT A COISA – PARTE II” PREVISTO PARA SETEMBRO DE 2019. MUITO ANTES DISSO TEMOS A REFILMAGEM DE “CEMITERIO MALDITO”, QUE CHEGA EM ABRIL. JAMES WAN MARCA PRESENÇA DE VOLTA AO GÊNERO QUE CONSAGROU SEU NOME. PRIMEIRO NA PRODUÇÃO DE “A MALDIÇÃO DA CHORONA”, ADAPTAÇÃO DE UMA LENDA MEXICANA, CUJA ESTREIA FICA EM ABRIL. TAMBEM COMO PRODUTOR, WAN PROMETE EM BREVE “INVOCAÇÃO DO MAL 3”, SEM DATA DIVULGADA AINDA. NO MEIO TEMPO TEREMOS “ANNABELLE 3” EM JULHO, REUNINDO O CASAL WILSON INTERPRETADO POR VERA FARMIGA E PATRICK WILSON. O BONECO CHUCKY VOLTA ÀS TELAS PROMETENDO RESTAURAR A CREDIBILIDADE DA FRANQUIA DIANTE DA NOVA GERAÇÃO NA REFILMAGEM DE “BONECO ASSASSINO” RESERVADO PARA JUNHO. EM FEVEREIRO VOLTAMOS À FRANQUIA DOS LIVROS DE CLIVE BARKER EM “HELLRAISER JULGAMENTO”, 9º LONGA DA SÉRIE QUE NOS ESTADOS UNIDOS FOI LANÇADO DIRETAMENTE EM DVD/BLU RAY. O CONDE ORLOCK DO CLÁSSICO “NOSFERATU” APARECE NESSA NOVA REFILMAGEM DO CLÁSSICO DE F.W.MURNAU, DESTA VEZ COMANDADO POR ROBERT EGGARS DE “A BRUXA” E “HEREDITARIO”. JÁ AGOSTO TRAZ “MAMA 2” AINDA SEM NENHUMA NOTICIA SOBRE A TRAMA. EM OUTUBRO O CLIMA DE HALLOWEEN COMEÇA COM “A MORTE TE DÁ PARABENS 2”, SEQUÊNCIA DO INESPERADO SUCESSO DE 2017.

HOBBS SHAW

AÇÃO

2019 TEM MUITA AÇÃO COM “HOBBS & SHAW” REUNINDO DWAYNE JOHNSON E JASON STATHAM REPETINDO OS PAPEIS DE SEUS PERSONAGENS NA FRANQUIA “VELOZES & FURIOSOS”. KEANU REEVES VOLTA EM “JOHN WICK 3” EM MAIO. SAEM TOMMY LEE JONES & WILL SMITH E ENTRAM CHRIS HEMSWORTH E TESSA THOMSPON PARA PROTEGER A TERRA EM “MIB INTERNACIONAL”, NAS TELAS EM JUNHO. OUTRO RETORNO É O DE SAMUEL L.JACKSON AO PAPEL DO POLICIAL LINHA DURA DE “O FILHO DE SHAFT” RESERVADO EM JUNHO. NÃO SÓ DE HOMENS VIVE O CINEMA DO GÊNERO E TEMOS ASSIM “GODZILLA – O REI DOS MONSTROS” QUE TEM NO ELENCO A PEQUENA ESTRELA MILLIE BOBBY BROWN, CHEGANDO EM MAIO. ARNOLD SCHWARZENEGGER E LINDA HAMILTON ESTÃO DE VOLTA NA SEQUÊNCIA “O EXTERMINADOR DO FUTURO 6”, AINDA SEM SINOPSE REVELADA E, PORTANTO, SEM PODER CRIAR MAIORES EXPECTATIVAS DO QUE SERÁ. NO MESMO MÊS UM NOVO TIME DE MULHERES DE AÇÃO SE REUNE EM “AS PANTERAS”, REBOOT DA REFILMAGEM DA SÉRIE CLÁSSICA DOS ANOS 70. O ANO MAL COMEÇOU E LEMBREMOS QUE EM DEZEMBRO TEREMOS O DESFECHO NA NOVA TRILOGIA “STAR WAR EPISODIO IX”, AINDA SEM SUBTÍTULO DIVULGADO E SEM MAIS DETALHES DA HISTÓRIA.

TURMA DA MONICA

NACIONAIS

GRATO REENCONTRO COM OS HABITANTES DO LARGO DO AROUCHE NA ADAPTAÇÃO DE “SAI DE BAIXO” PROGRAMADA PARA FEVEREIRO. MAISA SILVA RECEM SAIDA DO ÓTIMO “TUDO POR UM POP STAR” VOLTA ÀS NOSSAS TELAS EM “CINDERELA POP” NO MESMO MÊS. INGRID GUIMARAES MARCA PRESENÇA EM “DE PERNAS PARA O AR 3” EM ABRIL. GRANDE EXPECTATIVA TEMOS COM A ADAPTAÇÃO LIVE ACTION DOS PERSONAGENS MARAVILHOSOS DE MAURICIO DE SOUZA EM “TURMA DA MÔNICA – LAÇOS” EM JUNHO. OUTRA ADAPTAÇÃO BEM ÀS NOSSAS TELAS É O TEXTO DE MARIA CLARA MACHADO EM “PLUFT O FANTASMINHA” PROMETIDA PARA MARÇO. EM OUTUBRO TEMOS TAMBÉM A ADAPTAÇÃO DA CLÁSSICA CANÇÃO DE RENATO RUSSO EM “EDUARDO & MÔNICA”. CLARO NÃO PODEMOS DEIXAR DE LADO A VOLTA DE DONA HERMÍNIA ANUNCIADA PARA “MINHA MÃE É UMA PEÇA 3” COM O EXCELENTE PAULO GUSTAVO.

Creed-II-2018-movie-poster

MAIS FILMES

TERRY GILLIAM FINALIZOU O AGUARDADO “O HOMEM QUE MATOU DON QUIXOTE”, EM FEVEREIRO, ADAPTANDO O CLÁSSICO DE MIGUEL DE CERVANTES, UM PROJETO QUE SE ARRASTOU POR MAIS DE UMA DÉCADA ATÉ SER COMPLETADO. CLINT EASTWOOD LANÇA TAMBÉM SEU MAIS NOVO PROJETO “A MULA”. O ANO TERÁ AINDA “HOLMES & WATSON”, COMÉDIA COM WILL FARRELL E JOHN C. REILLY QUE OBTEVE ASSUSTADOR 0% DE APROVAÇÃO DE PUBLICO E CRÍTICA QUANDO LANÇADO NOS ESTADOS UNIDOS NO FINAL DO ANO PASSADO. REILLY TERÁ MELHOR ATUAÇÃO EM “STAN & OLLIE”, BIO SOBRE A CARREIRA DA DUPLA “O GORDO & O MAGRO”. DEPOIS DO SUCESSO EM 2018 DE “BOHEMIAN RAPHSODY’ AGUARDAMOS A CHEGADA DE “ROCKETMAN” SOBRE A VIDA DO CANTOR ELTON JOHN, LENDA VIVA DA MUSICA POP INTERNACIONAL. KENNETH BRANAGAH RETORNA TAMBÉM NO FIM DE ANO NO PAPEL DO ICÔNICO DETETIVE HERCULE POIROT NA ADAPTAÇÃO DE “MORTE SOBRE O NILO” DO LIVRO DE AGATHA CHRISTIE. ANTES DISSO, FINALMENTE, TEREMOS A IGUALMENTE AGUARDADA SEQUÊNCIA “CREED II” QUE PROMETE ENCERRAR A JORNADA DE ROCKY BALBOA INICIADA EM 1976 POR SYLVESTER STALLONE.

TEREMOS UM ANO CINEMATOGRAFICAMENTE RICO COM OUTROS LONGAS,  ALÉM DESSES E JÁ NO PRÓXIMO DOMINGO A CERIMÔNIA DE ENTREGA DO “GOLDEN GLOBE” INICIANDO A TEMPORADA DE PREMIAÇÃO CINEMATOGRAFICA QUE , CLARO, INCLUI O ESPERADO OSCAR. QUE DEUS ABENÇOE A TODOS NÓS E FELIZ 2019 !!!!